terça-feira, 11 de abril de 2017

E agora esta...


Um dia destes andava eu a remexer numas fotos antigas e ao encontrar esta deixei-a de parte para a mostrar ao meu neto que fará 13 anos daqui a um mês.

A brincadeira foi para lhe dizer que esta pequena, também de 13 anos, era neta de uma amiga minha e era para saber o que é que ele achava e se queria que eu arranjasse maneira de lha apresentar.

Ó vó, ela é gira mas um bocado antiquada para este tempo em que as raparigas não usam estes cabelos e não têm este ar.
Mas espera, tu estás a enganar-me, esta és tu!

Claro que nos tempos que correm e na generalidade as miúdas de 13 anos são bastante diferentes e salvo raras exceções usam pinturas que as fazem mais velhas e todo o ar que apresentam as aproximam mais dos 16.

E já agora digam lá se para 1963 o ar não estava de acordo com a época?

Mas deixem-me confessar-vos que não se teria perdido nada se tivesse tido a oportunidade de aumentar um pouco a ousadia e ter podido voar um pouco mais sem todos os condicionalismos que então eram impostos.

Cenas passadas e que certamente não terão cabimento nunca mais, porque eu digo sempre -
 "Nem tanto nem tão pouco"

5 comentários:

  1. Linda menina!, sim senhora, minha linda senhora!

    gdsmtsbjs

    ResponderEliminar
  2. Bom...eu casei em 1964.
    Lá nos anos cinquenta as pequenas tinham ± assim o penteado, mas na década de 60, acho que nas cidades já não.
    Mas que prometias, lá isso prometias !...

    Um beijo e uma Santa Páscoa.

    ResponderEliminar
  3. Eu sabia que ia achar piada. E quanto ao penteado era mesmo assim em 1963.
    Obrigada pelo piropo à ocasião.
    Um beijo também para si e mais uma vez Feliz Páscoa.

    ResponderEliminar
  4. Foi uma excelente Páscoa, Tété !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar