segunda-feira, 14 de agosto de 2017

A Quarta Idade


Pois é verdade, com o passar dos anos vamos assistindo cada vez mais ao prolongamento da vida.
Porque a ciência a vem prolongando com todas as inovações resultantes da constante investigação, temos hoje uma faixa etária muito acima dos oitenta anos.
Não há dúvida que é bonito de ver quando a cabeça ainda ajuda a pensar, a sentir alegria, a participar em atividades e as pernas permitem a deslocação necessária à participação em algumas delas que não são apenas de caráter intelectual.
E tudo isto porque, como já tenho dito, tenho a minha tia num Lar a quem visito com regularidade.
Agora que não estou em Lisboa vou duas vezes por semana, mas normalmente vou três vezes. Isto porque desde que ela caiu e foi operada que se desloca em cadeira de rodas e embora faça fisioterapia e já dê alguns passinhos, não é suficiente para ser autónoma e poder circular pela instituição como gostaria.
Deste modo nós levamo-la sempre para o jardim que tem um bar e nunca lhe falta o cafezinho e o bolinho de que tanto gosta. Acresce que alguns dos residentes que já nos conhecem muito bem, sempre que chego com a minha comadre se aproximam para poder participar na cavaqueira e se distraírem com as nossas brincadeiras. É mesmo uma graça ouvir: - Podemos sentar-nos aqui um bocadinho? Claro que dizemos logo que sim e todas as semanas a tertúlia tende a aumentar.
Deixo-vos aqui uma imagem do último domingo onde todos estão acima dos oitenta, alguns mesmo dos noventa e falta a "avó" que não está mas que tem 102,5 e que está sempre a fazer quadras - Esta foi a que me fez: 
"A D. Teresa, muito alegre e divertida, Deus lhe dê muita saúde e muitos anos de vida".
E digam lá como é possível o abandono dos idosos nas instituições sem que os visitem para uma palavra ou um carinho?



quarta-feira, 26 de julho de 2017

Hoje é dia 26 de Julho...

Hoje é dia 26 de Julho e segundo o que se vem celebrando há uns anos é  Dia dos Avós..... e não só, mas isso são outras comemorações que não vêm ao caso.

Sim, porque isto de ser avó tem muito que se lhe diga. Os netos são uma coisa maravilhosa e fazem-nos renascer das cinzas para que lhes possamos prestar a atenção que de nós exigem.

Mas deixem que vos diga que à medida que a idade avança se sentem as fraquezas a que estamos sujeitos e, o meu não está aqui para me ouvir, mas que cansa, cansa mesmo.

Avó para aqui, avó para ali, hoje o que é o almoço...  E isto da adolescência, Deus me livre, sim porque os 13 anos dele são já um pouco adiantados.

E agora, mais recentemente e porque viu um filme sobre o que fazem aos bovinos nas grandes criações e matadouros decidiu que não quer comer carne. Foi de repente e dá-me cabo da cabeça porque se já é difícil quando temos todas as opções, e eu não exagero na carne preferindo o peixe, que fazer quando existem restrições de escolha?... Vale o facto de ter mais tempo que antes, mas retira-me o pouco que já tenho para mim.

Mas enfim, nós adoramo-los e já não é o mesmo dia quando não está e agora de férias faz muita companhia e reafirma constantemente o quanto gosta de mim.

E então por ele próprio e por mais isto vale todo o ouro do mundo.

Para todos os que têm netos   FELIZ DIA DOS AVÓS





terça-feira, 11 de julho de 2017

The Pretenders


Hoje lembrei-me de partilhar esta música  - Don't get me wrong - que me faz recordar os anos 70, mais propriamente o final da década, e que sempre me agradou muito.

Chrissie Hynded foi em 1978 a fundadora da banda que marcou gerações e foi considerada a melhor intérprete de banda rock.  Alcançaram o seu auge com vários hits na década de 80.

Passaram por cá em Vilar de Mouros em 1999 onde, entre outras, esta música fez sucesso e agora vão voltar ao nosso país no próximo dia 19 deste mês de Julho mais propriamente ao Parque dos Poetas em Oeiras integrados no EDP Cooljazz.

Se gostarem e puderem não faltem e vão apreciar esta "piquena" da minha idade que continua a dar cartas.





sexta-feira, 7 de julho de 2017

NOS Alive




Quanto me pagam pelo aluguer das minhas janelas para assistirem - ouvirem - o NOS Alive?

É só ouvir porque ver não é possível mas dá para perceber o ambiente e as luzes ao longe.

Não aprecio alguma da música que passa mas até agora tem estado calminho e com uma toada normal para os ouvidos mais velhotes.

E vão ser três dias de embalo.


sábado, 1 de julho de 2017

As crianças são uma maravilha...



Recebi este vídeo por mail mas a fonte é um MP4 e por aselhice minha, ou não só, não consigo reproduzi-lo em sistema normal.

No entanto, se clicarem no endereço abaixo aparece a ligação direta e é só clicar nela que conseguem a reprodução.

Se conseguirem transferi-lo para outro sistema corrente façam-no porque vale a pena.
Se não, assim também lá chegam e creiam que vão achar o máximo.

Ora experimentem :

https://drive.google.com/open?id=0Bwr7M0uzzxZJcU5yRGhXc0ZqaGlEc2xBYXFwekhrc0hvTDNN


sexta-feira, 30 de junho de 2017

Meryl Streep celebrates Diane Keaton


Porque é que hoje vos mostro este vídeo? Porque adoro qualquer uma delas e seja qual for o tipo de filme que conte com os seus desempenhos é certo e sabido que só não vou ver se não puder.

Tenho-as visto por variadíssimas vezes e dificilmente se pode dizer que não gostei. É evidente que há sempre uns de que se gosta mais que outros, mas nunca saí desapontada duma sala de cinema onde tenha visto um filme que conte com a interpretação de qualquer uma.

Acho-as verdadeiras com sentimentos bem definidos, sem toleimas, aprumo q.b. e quando interpretam os seus papeis fazem-no com tal dedicação e entrega que até nós entramos na tela e por vezes tomamos o seu lugar.

Prémios bem entregues e palavras pouco estudadas mas ditas de dentro como se pode ver.




Bom fim de semana!